sábado, 30 de outubro de 2010

Onde vc mora?


Bom, estou alcoolizada o suficiente para ignorar revisoes e acentuacoes.
E pra esse post pode-se usar o fabuloso recurso do Google Maps para maiores entendimentos e localizacoes.

----

As pessoas tem vergonha de dizer onde moram! Por que? Nao sei.

Quando era mais nova, a gente saia pras baladinhas do outro lado da ponte e os gatinhos vinham perguntar onde moravamos e a gente nao hesitava em responder:
- Ali no Morumbi!

Hahaha! O Morumbi eh do lado, mas a gente nao mora no Morumbi.
Quando me perguntam eu digo:
- Zona sul
- Onde?
- Ali perto de Santo Amaro, sabe?
- Sei! Avenida Santo Amaro?
- Isso! So que do outro lado da ponte.
- Hmmmm... ?
- Porra, no Capao Redondo, ta ligado?
- =|
- Isso! Racionais MC. Datena e tal...
- Ah ta!

E tambem gosto de responder:
- Onde voce mora?
- Nas quebradas!

Hahaha, "nas quebradas" eh da hora, ne? Eh tipo "no Bronx", "moro no gueto". Mas tambem adotamos Buraco 1, 2, 3 e 4 (nao tem 5 porque nao conhecemos ninguem que mora mais pra la).
Quando voce chega no final da Marginal Pinheiros, voce entra num buraco. Dai o nome ;)
Eh como se fossem os Postos de Copacana/Ipanema/Leblon. Sacou?

O Mosca e a Fabi uma vez me dando carona, com o radio ligado disse:
- Vamos entrar em outra dimensao!
Nao deu outra! O radio saiu da sintonia e comecou a chover!!! HAHAHAHA. Fala se nao eh outro mundo! Um mundo onde nao existem padarias decentes, limpinhas e nem restaurantes, somente pizzarias e muitas delas! E todas muito boas, a nao ser aquelas que usam ingredientes de quinta categoria.

----

E as minhas primas e minhas amigas gritam: EU NAO MORO NO CAPAO REDONDO!
Pois eu tambem achava que nao, so era uma forma mais facil de localizar o cidadao nessa grande cidade.
Nao achava que morava ali ate pagar a minha primeira conta da "AES" Eletropaulo e vir discriminado: CONJUNTO ELETRICO CAPAO REDONDO.

A verdade eh que eu nao moro mesmo no CAPAO REDONDO, ainda tem mais uns 3 ou 4km ate o bairro mais famoso da zona sul, quilometros esse que me tiram da zona de tiroteio do Correio.

Soh que eu acho legal dizer onde moro, afinal de contas ate que eh bonitinho. Esses dias por exemplo fui ate a casa da minha tia, que mora perto do Terminal Capelinha (famoso em Sao Paulo pelos busoes que andam quase todos os lados e tambem pelos raps, claro) e as Primaveras da Estrada de Itapecerica estavam todas floridas!!! Mas MUITO floridas mesmo... poxa! Mor bonito...
Tenho toda a minha familia ali, maior parte dos meus amigos, o clube, o mecanico. Soh nao tem balada que eu curta e restaurante japones.

----

E ai voce sai do boteco, crentes que sua amiga ta vindo junto, na sua cola e quando entrega a comanda pro seguranca e olha pra tras, cade a danada? Ta beijando o carinha que enrolou a noite inteira pra chegar junto.
- Ai, cacete...
- O que foi moca? - perguntou o seguranca?
- Minha amiga, ficou pra tras e eu quero ir embora!
- Vai la atras dela, eu deixo...
- Nao, moco, brigada, a gente tava indo embora, ela sabe onde eu to...
- Voce mora longe?
- Moro, la na zona sul.
- Mas zona sul jah eh logo ali.
- Eh, mas eh extreeeema zona sul.
- Onde?
- No Capao!
- Ah... nao fala assim do Capao! Eu moro na M'Boi Mirim.
- Pois eh, mais longe...
- Eu tinha uma namorada que morava por ali e bla bla bla...
- Eh, ne? Nao tenho problema la, nao, moco!
- Eh seguro, ne?
- Exatamente, eh o que sempre digo, nunca me aconteceu nada... tenho medo mesmo eh de andar aqui por esses lados.

Pronto, to amiga do seguranca! Aposto que se voltar la ele me libera a entrada e ainda cuida do meu carro. Hehehe

----

E na redacao, nao sei se as pessoas tem medo ou acham engracado eu ir embora dizendo:
- Partiu Capao Redondo.

Eu ainda preciso colocar no meu carro um adesivo da grife marca "1 da Sul" porque acho que vai ficar com um seguro plus quando estiver andando pela Vila Madalena, Pinheiros e etc.
----

E quando eu digo: AQUI EH FAVELA!
Eh porque aqui eh favela mesmo, mano!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Estagiária só se fode

Num jantar com as culégas de trabalho, conversávamos sobre os Concursos Culturais que as revistas costumam fazer para presentear as leitoras. Que nada mais é do que uma forma mais trabalhosa de sortear brindes.

A estagiária contava que passou a tarde cuidando dessa tarefa: analisando todas as frases enviadas pelas leitoras, escolhendo via eliminação a frase vencedora. Escolhida a ganhadora do prêmio, precisou ligar para a moça a fim de confirmar os dados para o envio do presente e no meio da ligação teve uma crise de riso:
- Olá Fulana!!! Você ganhou o nosso prêmio do Concurso Cultural! - tipo animada como a Patricía, ajudante do Silvio Santos.
- Ah, é? - tipo muito desanimada
- Siimmm!!!
- Que concurso?
- O Concurso Cultural "Por que meu pai é meu herói?", nós escolhemos a sua frase.
- Eu mandei uma frase?
- Sim, mandou pelo site.
- Que frase que foi?

Foi nesse momento que a estagiária teve o acesso de riso. Ela tentava ler a frase e começava a rir sem parar. "Só um minuto que a ligação tá ruim... (tampava o fone com a mão) HAHAHAHA". A verdade é que a frase era muito ruim, assim como todas que são enviadas. Eu já fiquei com essa responsabilidade algumas vezes e tínhamos que criar critérios de eliminação, o meu primeiro critério eram os erros de português. Porra fia, quer ganhar alguma coisa pelo menos escreve no Word pra ele dar uma corrigidinha de leve, né?

E aí que as culégas lembraram do dia em que foi dado um CRUZEIRO como prêmio e elas tinham o poder de dar esse presente incrível para uma manézona qualquer que escrevesse uma frase razoavelmente ok. E então a estagiária me solta essa:

- Pô, dá essa viagem pra mim! Elas só lêem a revista e eu que faço a revista? Não ganho nada...
- PFFFHAHAHAHAHAHA!!! - engasguei com o suco.

----

Então meus queridos leitores, fica a dica: participem de concursos culturais porque tá fácil ganhar, viu? Basta ser um pouco coerente, criativo e sem muitos erros de português.

----

Será que eu poderia contar essas coisas todas que escrevi aí em cima? =P


Related Posts with Thumbnails