segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Amiga é pra essas coisas...

Jaque diz:
aiiiii Mari
Jaque diz:
me salva
Jaque diz:
alguem me salva
Marielza diz:
hauahuahauahuah
Marielza diz:
vem aki comer uma barrinha
Jaque diz:
barrinha de que???
Jaque diz:
de otimismo, esperança, amor ao próximo???
Marielza diz:
melhor q isso
Marielza diz:
de brigadeiro

Malandro é malandro, mané é mané

Pra começar, afinal de contas que horas são agora... nunca sei quando acaba o horário de verão. Não sei quando atrasa, quando adianta...

Ainda tô meio bêbada! Fato. Sabe quando você acorda com o gosto do cabo do guarda-chuva na boca? Pois é, tô assim e ainda esse cabo foi mergulhado num copo de vódega! Virge maria.

Ontem foi aniver da Nessa, no KO, claro. E eu, malandra que sou, rá! Tive a melhor idéia do mundo, do planeta, do universo: levar uma garrafa de vodka de presente pra ela na balada!!! Ainda estou na economia master, então preciso desses rebolations pra conseguir me divertir gastando menos, sou brasileira, né?

E aí que me fiz de latina! Entrei na maior pilha de gringa e comecei a falar com sotaque espanhol, hahaha! Queria que os seguranças não envocassem com a minha sacola, sei lá. Acho que nos países latinos as pessoas levam presentes, mesmo que a festa seja na balada!!!

A moça da porta perguntou:
- Qual o seu nome?
- Mariélllle
- Mariele?
- Si, Mariéellll.
- Ah, Mariel... pode entrar.

E entrei ainda ouvindo a moça perguntando pra que estava do lado dela: juro que entendi ela dizer Mariele.

Quando cheguei no caixa pra pegar minha comanda, tive que falar em português pra chorar um descontito na entrada, rs. Não ganhei, voltei pra personagem.

Assim que fui entrar o segurança ficou invocado com a minha sacola:
- É uma garrafa?
- Non, és um pressentito!
- Mas é uma garrafa?
- Non, uno pressiente, um tiénis.
- Tá, tá, tá. Entra, entra...

E fiz a alegria da moçada. =)


A primeira foto, quando a gente ainda tava sóbria com o cabelo no lugar. Aniversariante, eu, Johnny Bravo e minha personal motorista.

----

Os gatinhos não foram pro KO. Precisamos descobrir por onde eles andam...

----

O duro que acordei hoje com o telefone tocando. Olhei, meio torta -.O Era meu tio de Curitiba... mas que porra ele tá me ligando hoje? Essa hora? Botei no silencioso e deixei tocar. Tentou de novo, de novo. Aí no meio do meu sono percebi: TAQUEOPARIU, TINHA QUE BUSCAR A VÓ NO AEROPORTO!!! Comecei a retornar a ligação, mas não completava. Já pensando na merda que fiz de novo, além de ter esquecido o niver dela semana passada, esquecer agora que combinei de buscá-la, o tio finalmente atendeu.

Eles ainda iam subir de Santos pra SP. Precisava me arrumar, só que ainda estava bêbada, nauseada e com priri crioulo! A mardita pinga que me atrapaia.

Arranjei forças e fui. A vó estava no seu costumeiro mau humor pós-viagem. Almocei com ela quase nada e vim pra casa jacarezar o domingão inteiro.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

BBBom...

... será que tô ficando com preguiça de postar???

Fiz o meu DNA do BBB, hehehehe... já que ainda não vi nenhum:
Dougado é a cara do De Niro em Taxi Driver, hein??? E os dentinhos de tubarão pimpão?

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Twittando

... ou não!

Antes que eu me esqueça, atendendo a pedidos, mil e-mails, mensagens no meu MSN, ligações, SMSs imploraaaaaando que eu tivesse um Twitter, resolvi fazer um.
Mantive a resistência ao Twitter o quanto pude, até que descobri que o PAULO RICARDO também tem um, aí não resisti mais. =)


Não sei usar, mas taí. Não sei quem escreve, quem responde, quem tá falando, pra quem tá falando, como responde, o que tão me dizendo... não sei, não sei... acho que tô no blog por muito tempo e fizeram essa budega dum jeito totalmente diferente do jeito "normal" de se viver em comunicação na internet!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Adeus, amigo!


Dentre os meus Projetos 2010, já que eu comprei um carro novo, é evitar gastos desnecessários (você vai perceber o que eu entendo por desnecessário) para conseguir pagá-lo devidamente até o último ano.

Cortei as saidinhas de dia de semana. As meninas insistem, os diabinhos ficam arruaçando na minha orelha, mas eu sou muito resistente, não saio, não saio. Não dá, porque cada "saidinha" vai PELO MENOS uns $30 paus, pô! É a cervejinha, a batata-frita, os 10%, o estacionamento, o combustível (que só porque agora tenho um carro flex a porra do álcool tá quase o preço da gasolina)!!!

Dezembro eu comecei a tentar mais uma vez controlar meus gastos, montei uma planilha(!!! até aprendi a fazer as células somarem) no DOCs do Google, pra não ter desculpa e acessar minhas contas de qualquer computador. Todo mês vou lá fazer as contas, ainda não sei se está dando certo, mas pelo menos consegui ter uma visão da PUTA GRANA que eu gasto com NADA!! É de fudê...

Então, como está muito difícil me manter sem as deliciosas saidinhas de dia de semana, estou há alguns dias pensando em me livrar do meu cartão de crédito Mastercard. Mês passado já tinha pedido para diminuir o limite do crédito, mas parece que não está aliviando nada.

Falo de dinheiro com todo mundo. Tem gente que tem pudor de falar de salário, de NÚMEROS, de quanto gasta com isso, com aquilo... minha professora de Filosofia da faculdade falava que isso era frescura no rabo, qual o problema? A gente vive disso e pra isso. Então peguei os amigos para discutir. Uma paga carro, apartamento e pós-graduação. E dá? Não! Deve 3 parcelas, mas tá saindo todo dia desde o Reveião, tá achando que tá rica, hehehe. A outra me contou que só conseguiu voltar a viver, ter carro, comer no japa, etc, quando ela cancelou o cartão de crédito, e quando precisa parcelar alguma coisa compra no cheque. A outra vive me incentivando a não ter cartão de crédito. Meu pai sempre me diz: só se deve gastar o quanto tem. E pra completar sempre leio os conselhos da consultora de dinheiro da GLOSS.

Bom, hoje chegou meus documentos do seguro do carro e incentivada em destruir o cartão do seguro do carro antigo, peguei na carteira também o cartão de crédito. Busquei uma tesourinha e pedi: amigas, preciso de apoio moral e incentivo para esse ritual! E tec! Cortei o danado no meio.

Tô aliviada, mas sinto frio na barriga toda vez que lembro do corte, hehehe.
Agora preciso arrumar muitos frilas para pagar meu carro logo. =)

CURSO PRATICO DE COMO MORCEGAR NO TRABALHO

Recebi esse e-mail hoje e como tenho usado alguns, resolvi compartilhar com meus amigos para vocês usufruírem duma vida mais saudável:

A ARTE DE MORCEGAR
Treinamento e aperfeiçoamento para "Morcegar" no trabalho


1. Nunca caminhe sem um documento nas mãos
==========================================
- Pessoas com documentos em uma das mãos parecem funcionários ocupadíssimos que se dirigem para reuniões importantes.
- As pessoas de mãos vazias parecem que estão se dirigindo para a cafeteria.
- As pessoas com um jornal nas mãos parecem que estão se dirigindo para o banheiro.
- Sobretudo, leve algum material para casa, isso causa a falsa impressão de que você trabalha mais horas do que você costuma trabalhar.


2.Use o computador para parecer ocupado
=======================================
- Quando você usa um computador, parece que você está "trabalhando" para quem observa ocasionalmente.
Você pode emitir e receber e-mail pessoal, ficar no bate papo ou ter uma explosão sem que isso tenha alguma coisa a ver com trabalho.


3. Mesa bagunçada
=================
- Quando sua mesa está bagunçada parece que você está trabalhando duramente.
- Construa pilhas enormes de documentos em torno de seu espaço de trabalho.
- Ao observador, o trabalho do ano passado parece o mesmo que o trabalho de hoje; é o volume que conta. Se você souber que alguém está vindo à sua sala, finja que está procurando algum papel.


4.O correio de voz
==================
- Nunca responda a seu telefone se você tiver o correio de voz. As pessoas não te ligam para te dar nada além de mais trabalho.
- Selecione todas suas chamadas através do correio de voz.
- Se alguém deixar uma mensagem do correio de voz para você e se for para trabalho, responda durante a hora do almoço quando você sabe que eles não estão lá.


5. Pareça impaciente e irritado
================================
- Você deve estar sempre parecendo impaciente e irritado, para dar ao seu chefe a impressão de que você está realmente ocupado.


6. Sempre vá embora tarde
=========================
- Sempre deixe o escritório mais tarde, especialmente se o seu chefe estiver por perto.
- Sempre passe na frente da sala do seu Chefe quando estiver indo embora.
- Emita e-mails importantes bem tarde (por exemplo 21:35, 6:00, etc...) e durante feriados e finais de semana.


7. Reclame sozinho
==================
- Fale sozinho quando tiver muita gente por perto, dando a impressão de que você está sob pressão extrema.


8. Estratégia de empilhamento
==============================
- Empilhar documentos em cima da mesa não é o bastante.
- Ponha vários livros no chão. (os manuais grossos do computador são melhores ainda)


9. Construa um vocabulário
===========================
- Procure no dicionário palavras difíceis.
Construa frases e use-as quando estiver conversando com o seu chefe.
Lembre-se: ele não tem que entender o que você diz, desde que o que você diga dê a entender de que você está certo.


10. O MAIS IMPORTANTE!!!
=========================
- Não envie isto ao seu chefe por engano!!!!!
Related Posts with Thumbnails