quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Então é Natal...

Tô copiando e colando o texto da Syntia na cara dura, hehehe.
Beijotchau, vou me embebedar.

Papai Noel filho da puta - parte II

Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2008

Papai Noel o caralho!!!!
Cristo o caralho!!!!!
Agora vou dizer algumas verdades sobre as festividades de final de ano, que hoje chamamos de Natal e que torna o trânsito, os shoppings e as pessoas insuportáveis!!!!

A história do natal é controversa desde o início. Muitas das celebrações que deram origem ao feriado cristão eram práticas pagãs e, por isso, eram vistas com maus olhos pela Igreja Católica.

O final do mês de Dezembro era a época perfeita para celebrações na maior parte da Europa. Neste período do ano muitos do animais criados nas fazendas eram mortos para poupar gastos com alimentação durante o inverno. Para muitas pessoas esta era a única época do ano em que poderiam dispor de carne fresca para sua alimentação. Além disso, a cerveja e o vinho produzidos durante o ano estavam fermentados e prontos para o consumo no final do inverno.

Celebrações durante o inverno (no hemisfério norte) já eram comuns muito antes do Natal ser celebrado no dia 25 de Dezembro. Antes do nascimento de Jesus, a história do Natal tem início com os europeus, que já celebravam a chegada da luz e dos dias mais longos ao fim do inverno. Tratava-se de uma comemoração pagã do “Retorno do Sol”.

Na verdade, no início da história do Natal, esta era uma festividade sem data fixa celebrada em dias diversos em cada parte do mundo. No século 4 AC, o então Papa Julius I muda para sempre a história do Natal escolhendo o dia 25 de Dezembro como data fixa para a celebração das festividades. A idéia era substituir os rituais pagãos que aconteciam no Solstício de Inverno por uma festa cristã.

No ano de 1752, quando os cristãos abandonaram o calendário Juliano para adotar o Gregoriano, a data da celebração do Natal foi adiantada em 11 dias para compensar esta mudança no calendário. Alguns setores da Igreja Católica, os chamados “calendaristas”, ainda festejam o Natal em sua data original, antes da mudança do calendário cristão, no dia 7 de Janeiro.

Ou seja, como as outras festas do ano, o Natal também nasceu de uma celebração pagã. Pra mim, isso é muito óbvio, afinal, uma religião que se baseia na dor e no sofrimento para a redenção e o alcance dos céus, como a Igreja Católica, não poderia ter uma FESTA, uma COMEMORAÇÃO sendo um ato genuinamente seu.

Mas mesmo assim, quando chega dezembro, só se fala em espírito cristão, celebrando o nascimento daquele que esta religião considera como o messias.
Na verdade, o que deveria comemorar-se é o nascimento do marketeiro da Igreja Católica!!!! Sem dúvida o catolicismo conta com os melhores marketeiros da história e em todos os tempos, afinal, quem mais conseguiu mudar toda a história do mundo, criar e esconder fatos, sair de bonita de tantas guerras e o melhor: IGNORAR TODA A LÓGICA RACIAL DIZENDO QUE CRISTO, NASCIDO NA ÁFRICA, É LOIRO DE OLHO AZUL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

É!!!! A Igreja católica tem mesmo o que comemorar!
Feliz natal, para quem é de natal!!!!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Barack Obama só de bermuda... uuuuuiii

Geeeente, olha o Bara!!!
Que peitoral! Uau!!!
Tetudo o menino, hein?

Paguei um pau pra malhação do cara. Quem sabe isso dá uma animação nos americanos a começarem a se exercitar também.

;o)

A notícia está no Estadão.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

As compras de Natal

Ontem já estava de férias, mas não deu pra ir fazer umas compritchas de Natal porque fui almoçar na casa da Paola com todas as amigas e depois a Nel me levou pra cortar o cabelo com o Renan, o Muso das Tesouras do Capão... e ficou lindo!!! GRAÇAS!!! Brigad'senhor!! Não agüentava mais o meu cabelo desgranhado, não agüentava mais usar tic-tac pra segurar a franja. Agora tô Princesa! =D

O Renan, como todo cabeleireiro que se preze é uma bichona louca, que segundo a Nelize está aplicando os botoxs pelo corpo para virar o que sempre quis: uma mulheerrrrr e parece que ele está conseguindo porque a bunda dele é maior que a da Gretchen.

E estava no salão, sendo atendido pelo outro cabeleireiro, uma bissinha fazendo progressiva no cabelo, rsrs. E eles conversavam:
- Ai, você já usou unha postiça?
- Já.
- Ai menina, fui usar outro dia e colei com Super Bonder e aquilo não saia nem por Deus do meu dedo, cruz credo! ... Ai meu cabelo tá ficando ótimo, hein? Depois só falta eu fazer uma progressiva com selagem e replicagem, mais a tchasticagem e vai ficar do jeito que eu quero.
Benzadeus!

----

Hoje queria ir no shopping tentar fazer a depilação porque só consegui marcar pra amanhã, dia 24, às 8h30... ninguém mereeeece!!! Mas acabei desencanando. Peguei a minha prima Mariane na casa dela, aproveitei e filei uma bóia, hehehe, e fomos... morrendo de medo de chover e a gente voltar pra casa boiando.

O shopping, claro, estava lotaaaado. A gente só se perguntava: mas afinal que crise econômica é essa de que tanto falam??? O povo cheio de sacola pra lá e pra cá, enlouquecidos.
Fomos de cara n'O Boticário porque ela precisava trocar um presente, meu, não consegui ficar minutos na loja; primeiro porque fede; segundo porque estava imunda, o chão preto cheio de papel de cheirar perfume; e terceiro porque era um caos.
Sentei no Rei do Mate em frente e olhei pra dentro d'O Boticário e consegui perceber a zona. Credo!!!

E assim estavam todas as lojas do shopping. Fiz minhas compras. Pela primeira vez na vida vou dar presente pra todo mundo! =D (Que crise??) Ah, mó bonitinho, vai! =)

Dentro da Pernambucanas, vi as calcinhas e já pirei:
- Preciso de muitas calcinhas!!!
- Não! Não compra aqui, espera que vou te levar numa loja super barata. - Mariane foi tirando os cabides da minha mão e pendurando de volta.

Ainda quase comprei meu sofá pelo precinho de R$ 2.955, que era lindo de morrer, luxo total, mas a minha prima ficou cheia de cautelas e acabei desistindo, convencida por ela.

Fomos embora, na garoa apenas, mas um trânsito filho da puta. Cortando pelos atalhos, chegamos na porta do Capão Redondo, sabe onde o segurança da Casas Bahia matou um cliente achando que ele estava roubando um colchão da loja? Pois é, na loja do lado.
- Pronto, pode estacionar aqui que a loja é aquela daquele lado.
- Qual?
- Aqulela! Di Mell Lingerie Confecções e Acessórios (rsrsrs).
- Ah! Do lado onde os seguranças matam as pessoas? Aquela com aquele som no último tocando pagode?
- Essa mesma e não reclama não porque geralmente tem um tiozinho que fica falando no microfone.
HAHAHAHAHAHA!!!! Quem já foi fazer compras em Santo Amaro ou na Vinte e Cinco de Março (ou na Uruguaiana do Rio de Janeiro) conseguiu visualizar a cena. É o famoso bacião, você compra no bacião. Tem um bacião lotado de calcinhas reviradas e você revira mais até achar uma.

Começamos a nossa busca:
- Mas Mariane, cadê as calcinhas? Aqui só tem fiozinho, praticamente um tapa sexo. Hahaha.
- Hahahahaha! Tem que procurar.
- Tá parecendo mais elástico de amarrar o cabelo. Olha isso aqui! - e levantei uma calcinha fio dental ridícula, com um babadinho de cowboy, afe! - Pua que pariu, não tem nada mais confortável aqui, odeio esse trem enfiado na bunda. Olha isso... que merda.
E ela ria, ria... as atendentes começaram a olhar pra gente.
- Moça, você não pode ajudar a gente? Ela queria umas calcinhas com um pouco mais de pano, mas também não essas aqui da minha vó. Não tem nada intermediário?
- Vou dar uma olhada.
Nesse instante, pronto, o cara do microfone retomou o seu lugar.
- Aí Mari, o cara chegou.
- Ai Deus!
- Acho que ele só estava jantando, hahaha.

"Venham! Venham fazer essa festa super animada. Você não pode perder. Não deixe de comprar aqui o seu presente de Natal. Temos para a família toda... Ei ê iiii iii iii ê ei ei ei ei"

Sim, o cara do microfone além de falar pra caralho começou a cantaaaaarrrrr!!!! E a Mariane começou a reclamar pra todo mundo na loja:
- Pelamord'Deus!!! Por que ele canta?? Além de falar, ele canta?? Ai, ninguém merece! Moça, como você consegue trabalhar aqui?
- Pois é menina, ninguém aqui agüenta mais.
- Cadê seu gerente?
- Puxa, você vai reclamar com ele? Se for, eu chamo ele agora.
- Vou sim, ninguém merece! Por que ele acha que essa barulheira toda vai atrair alguém?
- Mari, olha essa aqui! - e mostrei uma calcinha verde com babadinhos azuis e pedrinhas rosas. Hahahaha!

Conseguimos achar algumas calcinhas perdidas dentre tantos fiozinhos-tapa-sexos e fomos pagar. No caixa mais reclamações da Mariane, porque ela é encrequeira, atende a menina mal pra você ver, no Mc Donald's mesmo ela quase arrumou briga com a caixa (como sempre) porque ela sempre pede o Mc Cheddar sem cebola e demora aaaanos.
- Moça, como você consegue trabalhar nessa loja? Quem é seu gerente? Chama ele aqui que eu tenho uma sugestão pra ele. Onde fica a caixa de sugestão? Ah, não tem? Essa loja está precisando de uma relações públicas porque nem caixa de sugestão tem... não é possível.

Minha prima é uma figura, é a primeira da lista quando preciso fazer compras. Tem uma paciêêência pra olhar loja por loja e reclamar com as atendentes quando for preciso. Eu adooooro os barracos que ela apronta. Quando era pequena tinha vergonha da minha mãe que também adora fazer uma reclamação, mas hoje adoro os barracos dela, sempre com muita razão, claro.

Untitled-12

Oi. Tô bem e não tenho 9dades.

----

Estou pra poucos amigos.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Modafóquer!

Hoje tava indo pro trabalho e precisava abastecer o Bezerra Segundo.
Passei o posto mais barato porque teria que fazer um retorno. Decidi ir em algum da Marginal.
O primeiro, a gasolina estava por R$ 2,39. Vai tomar no cu (eu grito pra eles e mostro o dedo, hehehe, só pra aliviar)!! Muito caro. Próximo.
O segundo, logo na frente, estava a R$ 2,34, mas tinham muitos carros, ia demorar. Próximo.
O terceiro é o posto que fica dentro do Carrefour, tinha que ser ali porque eu sabia que o quarto posto está fechado reformando. Pensei:
- Puta que pariu. Essa merda sempre está lotada, mas eu já tô no bafo e não tem mais posto, o que tem perto do trampo está R$ 2,49. Catso deveria ter ficado no segundo posto. Ah tudo bem modafóquers.

Quando entrei no supermercado, o posto estava tão lotado que não tinha como ficar na fila. Então fiquei na dúvida se ficava no meio da ruazinha, ou esperava ali no canto. Nisso, um velhinho muito ixpierrrto já se embicou e furou a minha fila. Velho broxa lazarento, pensei. Quando decidi me enfiar também e ficar no-meio-da-rua-foda-se, vi um carro entrado no supermercado na minha frente. Rolou aquela indecisão do que fazer, quando vi eu não estava nem lá e nem cá. Coisa de 5 segundos. Puxei o freio de mão e cruzei os braços.

E o carro veio pra passar entre nós, eu e o velho lazarento. Era um táxi, que veio se aproximando devagar, com certa dificuldade, falta de habili-habilidade e tal. Quando ficamos janela com janela, eu e o taxista, ele com muita malandragem aprendida com Antônio Alves, gingado na voz, uma graça, um sorriso amarelo abaixo do seu óculos Óclei, me diz:
- Êêê, mas tinha que ser você. Não era melhor que colasse ali ao invés de atrapalhar aqui?

Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaano!!!! Só fiz assim pra ele: _|_
- Por que você não vai se foder, não vai tomar no cu?
Inspirada na Lena, editora de moda, que manda todo mundo se foder, hahaha. Foi o que pensei em dizer depois, bem depois, porque nunca consigo pensar em nada na hora, né? Fiquei tão pasma! Ainda tive a oportunidade de colocar meu dedão do meio pra fora e olhar pelo retrovisor rindo pr'aquele filho da puta.

Qualquer dia eu morro no trânsito com um tiro na cara, mas que tem nego que merece se foder, isso merece, hehehe.

Festa da firrrrma, o acontecido

Ai, festa da firma é muito bom, né?

A minha foi no Credicard Hall, tá benhê? Fecharam o lugar e lotaaaaram de gente lá, todo mundo doido pra ver o Alexander Fish e sua micareta.
Muita gente ficou dizendo: ai que merda de festa, axé é uma bosta, não consigo ficar a noite inteira ouvindo axé, nhem nhem nhem nhem. Mas afinal o que importa de verdade? Os amigos? Não! A diversão? Nããão!! A social com os chefes? Nããão!! O que importa é a bebida digrátis! E na verdade os chefes só filmam a gente pra depois dizer: é te vi lá, hein? E aí você não sabe o que isso quer dizer, se foi queimação, se só foi um comentário. É foda, mas tudo bem o lugar era tão grande que deu pra fugir dos olhares de cima.

Bom, depois de umas três caipirinhas de morango feitas por uns barmen gatinhos a festa já tava feita. Já estava chamando o gatíssimo de meu príncipe e podia tocar bolero que a gente tava dançando.
Os roqueirinhos, estilinhos, emozinhos, todo mundo se acabando com "Arerê um love um love um love com você ê ê", ou "Oi leva eu, leva, leva", ou "Minha pequena Eva, EVA!" e cada repetição da última palavra as mãos se levantavam como parte da coreografia aprendida em tantos carnavais dessa vida. Ou então abraça alguém que tá tão bêbado quanto você, ou faz a dancinha de trocar de lugar cruzando os braços. Eeee! É só alegria. \o/

Eu acho que o que não pode na festa da firma é querer conversar com seu chefe quando você já engoliu o besouro, cair, beijar culéga e vomitar. De resto, pode até fazer trenzinho com o chefe que tá beleza.

(PS: detalhe no joinha do animador da festa, hahaha)

A audiência pornográfica pervertida

Eu amo o Google Analytics. Lá consigo ver de que site as pessoas acharam meu blog, qual palavra usou para buscar e chegar aqui, quanto tempo ficou. Tudo, tudo, tudo.

O engraçado é como os resultados fragmentados chegam pra pessoa que buscou "meninas dando o cu". Eu não escrevi nada sobre isso, meu blog não é pornô. Mas com certeza mandei alguém tomar no olho do cu. Por exemplo:

"Aí as meninas ficaram dando risada de mim e eu mandei todo mundo tomar no cu"

O que isso tem de pornográfico? Nada. Mas o Google mostra o resultado:
meninas... dando... cu
E pronto, o taradão vem todo feliz aqui, crente que vai ver um monte de cu pelado, mas só acha esse monte de merda.
Amigo, aqui você não encontrada nada de:

- fotos de meninas dando o cu
- buffets bairro capao redondo
- porque a comida gruda na panela
- como costurar um vestido para festa junina
- quero colocar meu pedido no muro das lamentações
- fotolog + o dedo levantado é a mensagem
- rg falsificado
- horcut

Essa semana as pesquisas superaram os já batidos "travestis", "pau duro", "peito de fora", "fusca rosa", "erotic", "meninas gostosinhas" e claro, "boceta" ou "buceta".

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Que som, que som é esse?



Ai, me diz se isso não era muito bom?

Castelo Rá-Tim-Bum era pura música, tudo era uma musiquinha. Tão divertido.
Produção total, não era nada desses programinhas de hoje, né?
Lembrei desse vídeo hoje porque estão fazendo um editorial de beleza que vão usar uma toca de banho igual das passarinhas.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Quem inventou o pixel?

Por que o pixel não é uma medida inteira do centímetro?

Que saco.

Perguntas que não se calam.

sábado, 13 de dezembro de 2008

Sônia Abrão critica Ana Maria Braga

É, o homem está morto e enterrado. E eu que já estava ficando triste com o fim sem graça da história do ex-policial, ex-marido de Susana Vieira e ex-ser humano ainda vamos ter algum pano pra manga já que as "apresentadoras de programas domésticos" adoram trocar farpas, para a nossa alegria (quem não gosta dum bafafá na casa do vizinho??).

Agora tá todo mundo odiando a Ana Maria Braga. Só porque ela falou umas verdades.
Sônia Abrão lascou a lenha na modelo de fantoche.

“A gente faz um programa para o público, e ninguém vai falar quem vamos trazer ao programa, ou não. A gente não pode trabalhar com esse tipo de preconceito, misturar o pessoal com o profissional”, disse Sônia, ao vivo.


Ah, tá bom. Ela nem gosta dum bafafá também, rs.

Madonna, jogue suas tranças da sacada do Copacabana Palace!

Que foto mais clichê, né?

Madonna toda não-tô-nem-aí-vivo-essa-vida-mesmo na sacada mais famosa (e desejada) do Brasil em que tantas celebridades já colocaram seus cotovelos cascudos.

Tem um vídeo de quando ela apareceu com as criança, hahahaha! É engraçado, tá no Papel Pop. A velha no fundo não pára de dizer "As criança! As criança!"...

Eu tô cagando pra Madonna no Brasil esse post é só pra dar audiência pro meu blog.
Tô mais feliz mesmo é com o Ronalduxo no Coringão! Seguuura!! Ouvi nego dizendo: imagina o jogo de corpo que o Ronaldo não vai dar nos caras? Hahahaha.
Acho mesmo é que o Corinthians vai arrumar uma tremenda dor de cabeça.
E a pergunta que não quer calar: de onde sai tanto dinheiro?

...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Plantão de Notícias: Terra liberou vídeo do corpo de Marcelo Silva

Extra! Extra!
Graças ao comentário da Michelle, me informando de um vídeo no Terra em que mostra o corpo do Sr. Silva, ex-policial, ex-marido, ex-namorado, ex-filho, ex-irmão, minhas teorias ficam mais concretas!

Pode ver! Tem sangue em volta da cabeça do cara!!!
Cenas chocantes, não veja se tiver estômago fraco.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Teorias da Conspiração sobre a morte de Marcelo Silva, ex da Susaninha Vieira

A diversão do dia (porque a gente gosta de se divertir com a desgraça das celebridades) foi criar histórias mirabolantes sobre como foi de fato a morte de Marcelo Narizinho Silva, a história que a imprensa não conta agora, mas vira um filme da produtora 02 ou da Conspirações Filmes.

Nelize:
"Eu acho que na verdade ele não morreu. Na verdade ele encontrou o ex-namorado da Mariel e fez um trato que ele morresse no lugar dele"


Fabi:
"Eu acho que a Ana Maria Braga e a Susaninha Vieira, apaixonadas por guarda-costas, ex-guarda-costas, policiais, ex-policias, seguranças, ex-seguranças, se juntaram para colocar uma pessoa infiltrada na vida cotidiana do ex-policial (e ex-ser humano, no caso agora) Marcelo Silva e deram um jeito de colocar veneno na comida do rapaz na primeira oportunidade."


Outro depoimento:
"Eu acho que foi o pai da amante. Afinal de contas o cara pagou as melhores escolas para a moça, mandou ela pro Rio de Janeiro para estudar e ela foi se engraçar com um canalha desse tipo e virou manchete de jornal de fofoca como a quenga do Projac."


Já eu, como ando assistindo muito Prison Break tenho uma teoria muito mais elaborada, que tem a ver com a da Fabi:
Marcelo Silva, ex-marido de Susaninha Vieira, ex-policial e ex-ser humano teve realmente uma noite róquenrou, regado a farofa e tinha realmente um detetive, ex-agente especial, de olho no cara, pau mandado de Susaninha e Ana Maria, caso ele decidisse, vagabundo que é, voltar a infernizar a vida da ex-moça.
Seguindo o ex-policial pelas noitadas da vida percebeu que aquela seria especial, seria a oportunidade para cumprir o trato feito com as ex-moças: eliminar Silva. Um ser que convenhamos não faria diferença no mundo e como a própria Ana Maria diz: poderia desaparecer.
Encontrou o rapaz doidão, dentro do carro, parado na orla da praia do Leme e ofereceu-se para ajudá-lo, levando-o-o até em casa. No caminho até a Barra da Tijuca, Silva continuou mandando ver na única carreira que construiu em sua vida. Assim que chegaram no estacionamento, o ex-agente secreto deu um tiro silencioso em Marcelo que estava tendo alucinações e saiu voando.

Você viu o corpo? Eu não!
Overdose? Pra cima de moá?

Ou você tem outra teoria?

PS: antes que apareça os humanistas, mal humorados, imprensa, paparazi, preciso dizer que isso é uma brincadeira de mau gosto? rsrs

Marcelo Silva, ex-marido de Susana Vieira, é encontrado morto na Barra

Pois é, gente!!!
Pura verdade. Deu no Ego.

Ai, tô com peso na consciência de ter desejado tão mal pra esse traste.

Imagina a Ana Maria Braga, hahahaha.



Bom, pensando pelo lado positivo: menos um no mundo! \o/

----

Editando:
Jaque diz:
nossa MAri, vc viu? ele morreu....
Mariel diz:
pois é menina
Mariel diz:
to de cara
Jaque diz:
eu tbm
Jaque diz:
jesus maria josé
Mariel diz:
foi o pai dela
Mariel diz:
hahaha
Mariel diz:
mandou matar
Mariel diz:
menina de familia
Jaque diz:
hahahaha
Jaque diz:
o pai da amante ou o pai da Susaninha?
Mariel diz:
da amante
Jaque diz:
hahaha
Jaque diz:
até pq o pai da susaninha deve ter 125 anos, já que ela tem 86
Mariel diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mariel diz:
exatamente

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Entrevista do Excambau!

Você já ouviu o som do Excambau!? Pois deveria.
Publico abaixo, na íntegra, entrevista concedida ao blog Depredando o Orelhão. Quidimais!

E X C A M B A U !
[entrevista exclusiva]

- por
Lux Ponja e Marco Souza -


A banda paulistana Excambau! já possui quase 10 anos de história, mas agora é a hora em que chegam ao seu auge: o novo disco Então se Explica! está saindo do forno, com excelente produção (a cargo de um gringo, Brendan Duffey), e promete torná-los cada vez mais fortes no underground rocker nacional. O som dos caras mescla peso, groove e ataque frontal, com influências fortes de Rage Against The Machine, Faith no More, Sevendust, Suicidal Tendencies, Body Count, Pantera, Beastie Boys, entre outros. Com letras em português repletas de provocação política e raiva bem canalizada, o Excambau quer meter o dedo nas feridas e tem orgulho de se dizer uma banda totalmente movida a ideologia.

Como eles mesmos dizem: "acreditando que a música, e principalmente o rock, possa ser o combustível da atitude contra a mesmice e o conformismo que impera não só na nossa maneira de pensar, como no cenário musical atual, o EXCAMBAU! traz um álbum repleto de peso, riffs marcados, vozes urgentes, poesia questionadora e ritmo empolgante. O álbum conta com 12 faixas e temas variados: desde inspirados no filme Apocalypse Now (Coppola, 1979) em "Charlie Don't Surf" passando pela ditadura brasileira em "AI-5" ...".

O vocalista Joh, junto com dois camaradas dele, topou bater papo com o
Depredando o Orelhão num boteco de Sampa e explicar a quantas anda os escambaus que eles têm causado. Ele chega num fusquinha amarelo, que estaciona com classe num espacinho miúdo, e vem se sentar na mesa do boteco em Moema pr'um longo papo regado a cerveja. A esposa Lili chega perto da meia-noite, depois de colocar as duas filhas do casal para dormir, e entra no papo também. Em meio às garrafas de Serra Malte que se acumulam, o vocalista fala sobre a história da banda, o disco novo, influências e perspectivas. Elucida também os trampos extra-musicais em que estão envolvidos, como o Projeto Caixa Preta, e comenta um pouco da relação efervescente que possuem com a internet e a cibercultura. Abaixo, os melhores momentos da conversa... com a palavra, Joh!


MÚSICA TURBINADA COM IDÉIA. "Uma coisa que nós tínhamos conversado antes de começar este disco novo foi que música sem idéia é peido, arroto... não faz sentido! A nossa banda existe por causa da idéia; não é que a banda teve uma idéia... Num país onde tem tanta coisa errada, numa sociedade que está cada vez pior, para nós fazer música sem idéia não tem porquê. E me fala uma banda hoje em dia que tem idéia, cara! É B Negão e olhe lá... Eu não lembro de várias. Se você for pegar o maior evento de música jovem no Brasil, o VMB, foi pífio de idéia! A única idéia que teve foi a do Excambau!, que apareceu lá com as caixas pretas. E o legal de conversar sobre isso, com vocês do blog ou com camaradas, é que dá pra deixar muito claro que a gente quer expandir o pensamento para além da música."

"música sem idéia é peido, arroto..."

BAND OF BROTHERS. "A banda pra gente é uma válvula de escape. Até bolei uma teoria ultimamente que diz tem dois tipos de banda: aquele de gente que 'gosta' de ter banda e de música, e aquela pra quem a banda é quase uma necessidade física. A gente do Excambau! tem banda porque a gente precisa! Se você fica sem ensaiar, sem fazer música, sem tocar, bate um desespero, uma vontade extrema de divulgar o som, a idéia...

"Eu não tenho banda porque eu 'gosto'. Você gostaria de deixar suas filhas em casa chorando pra ir ensaiar? Gostaria de brigar com a sua esposa porque precisa tirar um pouco do seu orçamento mensal pra pagar num-sei-quê-lá da banda? Gostaria de ter que fazer uns trampos frilas pra bancar algo da banda? Gostaria de arranjar uma treta com um brother seu de infância por causa de uma idéia? Ninguém gosta disso, velho!

"Só que a questão é que eu PRECISO desses caras. É um bagulho que a gente escolheu. Não é uma gravidez indesejada. Às vezes falo pra mim mesmo: 'Caralho, eu sou louco, como é que eu posso me foder tanto por uma coisa que eu escolhi fazer?' É que não tenho outra escolha! É tipo Call Of Duty, você é obrigado a fazer aquilo. É tipo Band of Brothers: os caras se voluntariaram a ir pra guerra; chegou lá, se fode, num tem jeito... Tá no inferno, abraça o diabo..."

VIDEOCLIPE NO MEIO DA RUA: "Surgiu a idéia de fazer o clipe na faixa de pedestres, e aí criamos a história de um menino que antes vendia balas e depois decide fazer malabares no farol. Tivemos a idéia de fazer um flash mob... Na gravação, teve uma pá de gente pra montar o bagulho. A gente ficou lá no cruzamento da Avenida Rebouças com a Avenida Brasil das 9 da manhã até as 9 da noite, sem parar o trânsito um segundo! A chance de chover, a polícia parar, qualquer merda acontecer e o clipe não sair, era grande. E deu certo pra caralho, foi bem louco, velho! A polícia parava, olhava, num tinha o que fazer... Veio a CET, helicóptero da Record! Aí veio a reportagem da Record, 'a gente quer falar com a banda!' Aí foram conversar comigo: 'o que vocês vieram fazer aqui hoje?' Aí eu fiz um puta discurso, falei poucas e boas pra repórter, sem palavrões nem nada, aí chegou na hora de sair no telejornal, numa materiazinha sobre artistas de rua: 'Os artistas tentando divulgar o seu som, em busca do grande público, tomaram conta da faixa de pedestres...' E aí aparece o Joh falando: 'É, artista é exibido!' (gargalhadas gerais) Ah nããão! Puta que o pariu! Foi uma experiência muito louca."

CRÍTICA SOCIAL E CHAMADO AO DESPERTAR. "Tem nêgo que faz disco temático, tipo 'As Nove Noivas do Rei Arthur' (risos), de quatro, cinco horas de duração. Já nós do Excambau!... 'qual o assunto que a gente está tratando?' Falar que é 'crítica social' é pouco. Não é só isso! As nossas letras falam de um jeito muito pessoal: o que você faz? o que você vê com os olhos fechados? Acreditamos que ao invés de você tentar atingir a massa, que é um negócio disforme, burro e chato, é muito mais interessante você tentar atingir o indivíduo. Se você não atingir o indivíduo, você não transforma a massa. É muito mais realista, no meio dessa utopia toda, que você consiga fazer uma pessoa despertar do que milhares despertarem."

"Se você não atingir o indivíduo,
você não transforma a massa."

APOCALIPSE OU UTOPIA? "Eu não diria que o Excambau é uma banda apocalíptica; é uma banda utópica, com uma atitude 'positivista'. Porque o que estamos propondo pras pessoas é uma mudança individual. Ninguém está dizendo pra você sair mudando o mundo. Muda a tua rotina! Um mudando sua rotina é uma coisa; mas quando mil caras mudam suas rotinas, aí já começa a ficar relevante. Mas minha visão pessoal é mesmo um pouco apocalíptica.

"E sabe como você percebe essas coisas? Quando pode comparar. Já estive em lugares que eram paraísos naturais, porque eu gostava de acampar em lugares bem selvagens, e quando você volta e vê casas em volta, pessoas jogando lixo no riozinho onde você pegou água para fazer almoço, aí você começa a pensar assim, velho: daqui cinco anos tem uma empresa aqui do lado, um bairro aqui do lado que não vai ser planejado... E assim o ser humano avança como um câncer sobre a terra.

"Se você ver uma mancha demográfica no Google Earth, velho, é tipo uma casca duma ferida! O ser humano é podre, tá ligado? Mas isso é uma visão particular minha. Isso não transparece na música do Excambau! porque a gente tenta passar uma mensagem positiva, de que existe esperança no indivíduo."

DISCO NOVO. "Neste novo disco, Então se Explica, a gente botou tudo: força, grana, tempo, criatividade, tudo no extremo. É a conseqüência de 10 anos de trabalho. O produtor gringo, o Brendan Duffey, foi tipo jogar na mega-sena, só que a gente não jogou: foi só achar o bilhete; a coisa caiu no nosso colo. O Lagarto (baterista) já conhecia o gringo enquanto ele trampava no Midas, até o dia que o Brendan nos fez a proposta. Ele trampa com estúdio e já fez trabalhos com uma pá de gente, desde Black Eyed Peas até Machine Head e gravou diversos artistas da cena do rock. O cara quis abrir um estúdio no Brasil, armou um bunker de 3 andares, o melhor estúdio que eu já toquei! Aí fomos convidados pra ser a 'cobaia' desse estúdio. Ele podia ter escolhido qualquer banda da cena underground, então pra nós foi um puta orgulho ele ter escolhido a gente. Foi muito bom lidar com um cara que manja de música, que decidiu trampar com a gente, que dividiu as idéias... foi do caralho.

"No primeiro disco tinha uma música chamada 'Jesus te Ama, Mas eu Te Odeio' e uma que chamava 'Ajoelhou Tem Que Rezar', que era sobre um boquete – ou seja, puta coisa de moleque, condizente com a idade que a gente tinha. No primeiro álbum, a influência era muito Rage Against The Machine. Agora gravamos um material um pouco mais maduro, o que é inevitável. No primeiro eu não era casado. Agora já sou, tenho duas filhas, sei como funciona o sistema, o que é botar óleo nele, ter que pagar as contas..."


CAIXA PRETA. "Eu percebi, em alguns shows, que entre cada música eu queria falar tudo que eu tinha pra falar nos últimos dois anos. E a gente inventou a caixa preta para isso: por essa necessidade de expandir nossa atividade para além do som. A idéia surgiu quando terminamos o disco, pegamos a master às 3 da manhã e aí falei: 'vou ouvir essa porra inteira!' Fui e fiquei dando rolê na Marginal, com o som no talo, pegando um monte de ponte. Ficava pensando: como a gente consegue atingir as pessoas sem ser um lance marqueteiro, sem ser um 'ouça meu som! Ouça meu som!'?

"Surgiu a viagem de que a gente deveria interferir na vida das pessoas: vamos colocar uma coisa que as pessoas digam: 'que porra é essa? O que isso significa?' É pelo tesão de ir lá e cutucar. Isso mobilizou muito a banda e os amigos que nos rodeiam. E pra pintar as caixas foi um épico, velho! Fizemos uma pá de reuniões, com oito pessoas, lá em casa, pintando as caixas uma por uma, quase 300 caixas! Até minha irmã foi uma pessoa que abraçou a parada, tava lá no dia que botamos 100 caixas na Avenida Paulista...

"A HQ
V de Vingança influenciou muito a idéia, também. Sem falar que ela surgiu depois da efervescência que eu tive depois de assistir o novo filme do Batman, Cavaleiro das Trevas. Aquele Coringa, aquele terrorismo ideológico que ele propôs, eu achei que fez tanto sentido, velho! Pra mim ele é o herói do filme, tá ligado?! Tem umas frases dele que são foda! Aquela parada da barca, de botar as pessoas em xeque daquela maneira, é bem louco. Nem sei se a conclusão daquela cena é a conclusão que eu gostaria de ver. Se fosse no quadrinho talvez não fosse daquela maneira."

INTERNET, BLOGOSFERA E CIBERCULTURA. "A gente só prensou 500 CDs porque rola um trabalho forte de divulgação na internet. E essas paradas com a Internet sempre existiu: a gente tinha um site em Flash numa época que que banda nenhuma tinha site. Depois que ajeitamos nossa página no Myspace, pulamos de repente de 70 pra 900 amigos. Achei muito massa que calhou de vocês do Depredando mostrarem interesse em falar com a gente, porque era justamente o que a gente tava procurando: blogs legais onde divulgar nosso som e o que a gente pensa. Dei uma lida, falei 'o blog dos caras tem uma profundidade que é legal'. Queremos fazer mais disso: entrar em blogs, ler com cuidado, entender o que o cara curte, entrar em contato, até pra não colocar seu som em qualquer lugar. Somos a favor de divulgar o som na net. Fazer o bagulho e guardar no bolso, guardar na meia, num tem porquê!

"O blog chega e fala,
pau no cu da gravadora.
Fala tudo na lata, como tem que ser!"

"E esse lance de blog é muito democrático. Tem muito blog que tem o trampo de uma revista, se pá até melhor! Porque revista tem que fazer concessão, tem que ser político, o blog não! O blog chega e fala, pau no cu da gravadora. Fala tudo na lata, como tem que ser! Às vezes o cara nem é jornalista, nem é profissional, mas é apaixonado por música, gosta de propagar o que ele curte, meter o pau no que acha ruim... Não tem público de divulgação melhor que esse! A Internet é uma criança: fala o que quer, sem filtro nenhum."


DOWNLOAD DO ÁLBUM "ENTÃO SE EXPLICA":
http://mediafire.com/?jt1yzzif2li


BLOG AÇÃO CAIXA PRETA

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Um weekend com você

Sexta-feira só fui dormir quando comecei a pescar no 17° episódio da segunda temporada de Prison Break. E como não se pode piscar, se não você já fica sem entender alguma coisa, decidi desligar a TV e dormir.

----

Sábado acordei cedo e a Nel passou em casa para fazermos uma tarde de compras na Santa Efigênia. Ela queria comprar um Playstation Portátil pro namorado e eu ia acompanhar pra dar uma pescoçada nos eletrônicos, já que eu sou um menino nesse quesito: ADOOOORO!
No fim das contas, ela não comprou o PSP porque a dona da lujinha não deixou, disse que o namorado não merecia um presente caro desses (hahahahaha!!!) e eu comprei um home teather de 1.500w por R$ 150 (no lugar das simples caixinhas de som do PC que eu PRECISAVA trocar), uma webcam de 5MP por R$ 45 pra mamãe (tô devendo faz tempo) e por pouco também não comprei um Playstation 2, um iPod, um som pro carro com entrada USB, um monitor... aaaaiii é uma tentação! Hehehe! O décimo terceiro é um perigo! Depois fomos na outra rua comprar perfume.

Seguimos direto pra Moema, almoçar no Koban, japonês, claro. Que restaurante bonitinho, gente!! É muito de casal, né? Ou de casais amigos. Ficou em primeiro lugar na lista "melhor shimeji". Comi tanto, mas tanto que ficou meio entalado na garganta a última bandeja de shimeji-fritantes-na-manteiga que devorei sozinha.

A Nel ainda queria ir numa loja devolver a produção de moda que ela tinha feito e comprar um vestidinho pro Ano Novo.
Acabei caindo na tentação e comprei uma calça saruel preta, linda, que estreei na despedida da Priiii! Nossa, tem cada roupa tão lindinha nessa Guria, uma tentação, mas meio caro.

----

Ai Deus, foi isso. O sábado terminou com a despedida da Pri. Terminou mesmo porque Joba, Zac, Cricri e Marquito chegaram de Ribeirão (com meu carrinhooo! iupiii!) uma da madruga. Quando chegamos no boteco do quintal da Pri a galera já estava fechando a conta.
Partimos pro O'Malley's, pub irlandês (ou francês? ou tailandês? ou chinês? hahaha) na Alameda Itu, já naquele quase fim de noite. Tomei três chopes gigantes de Heinneken e já deu aquele elo. Foi o suficiente para querer algo mais animado. ANIMAÇAAAAUM! O moço-vassoura já tinha perdido a graça... juro o cara parecia que estava de perna de pau e tinha um cabelo de vassoura de piaçava, por que não corta, né gente? Deve achar muito bonito. Concluimos que na hora dele passar a chapinha tinha acabado a luz. Como diz mamãe: que coisa esdrúxula!

Bom, fomos parar no Vegas, na Rua Agusta, balada moderninha-liberex-gls que acaba 11h da manhã. Vinte e cinco reais pra sorrir, um xixi, uma hora lá dentro e a Pri breaca e a Joba vovózinha já queriam ir embora, hahaha! SACANAJI! Pri e Marquito puderam ir embora de táxi. E a Jobinha perdeu na votação do segundo turno e teve que agüentar, sem parar, eu Zac e Cricri se acabando até 7h... ou 8h, sei lá que hora era quando saímos de lá, só sei que tava um puta sol que ardeu 'asvista'.
Senhor como tem homem bonito naquele lugar! Só não se sabe em que time o bunito está, mas só de encher os olhos já tá valendo, né? Hahahaha.
Ainda estou um pouco traumatizada com as baladas no Nordeste, então estou sempre AGRADECENDO AO SENHOR BOM DEUS por estar em São Paulo. Mas só agradeço de noite. De dia é aquele inferno de sempre.

Ainda tomamos um suco de laranja com misto na padoca dos pedreiros-pintores e fomos pra casa descansar o corpinho.
Ai, foi isso a despedida da Pri: motivo pra farrear, né? Porque daqui um aninho ela já tá de volta. Apesar que ela vai morar num lugar que é 50 vezes São Paulo e sem a parte ruim, de-mais! =D

----

Gente, conheci a Liberdade (não lembro de ter andando por lá antes)! Paulistana fajuta que sou.
O bom de receber visitas em casa é que você sai da caverna pra ir fazer esses passeios de turistas, né? Delícia!
Como são bonitinhas aquelas ruas com os postes vermelhos de bolinhas brancas, não é? E não achei nenhuma foto da vista que tivemos no viaduto da Rua da Glória, olhando pra baixo da Radial Leste (??) que passa embaixo.
Comi japa de novo, mas não sai rolando dessa vez.
PS: acho que meu vício voltou, óh céus! Eu estava tão rica quando tinha enjoado de comida japonesa.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Como decifrar os símbolos na hora de lavar a sua roupa

Bom, hoje decidi parar de falar um pouco de merda nesse blog e passar um pouco de utilidade para as pessoas que perdem o seu precioso tempo lendo isso aqui.

Mentiraaaaa!! Hahahaha!! Não estou tão altruísta assim. Esse post é pra mim mesma, já que moro sozinha e lavo minhas próprias roupas, preciso saber cuidar delas para que durem mais, já que também sou eu que pago por elas. =)

Vou colocar aqui a legenda daqueles símbolos que vêm na etiqueta, que não prestam pra nada já que nunca sabemos o que querem dizer... já que são símbolos, entendeu? Quer que eu desenhe? Vamos lá... (detalhe que o Blogspot não lê muito bem tabelas, por isso estão vendo tudo meio escangalhado)

LAVAGEM





















Pode ser lavado à mão ou à máquina.Indica a temperatura máxima de lavagem na máquina.A lavagem deve ser efectuada sem centrifugação.

Lavagem somente à mão. Temperatura máxima 40ºC.Não deve ser lavado.


----

ALVEJANTES











Permitido qualquer agente de alvejamento oxidante. Permitido alvejamento somente com oxigênio/não usar alvejante clorado. Não alvejar/não branquear.


----

SECAGEM





















Pode ser colocado na máquina de secar.

Não pode ser colocado na máquina de secar.

Secar em varal.


Deve ser pendurado sem torcer.

Deve ser seco na horizontal, mas sem pendurar.




----

TEMPERATURA DO FERRO PRA PASSAR











Passar a uma temperatura máxima de 200ºC (algodão, linho, viscose).

Passar a uma temperatura máxima de 150ºC (lã, misturas com poliéster).

Passar a uma temperatura máxima de 110ºC vapor pode causar danos irreversíveis (seda natural, acrílico, nylon, poliéster).



----

LIMPEZA A SECO






















Pode ser limpo a seco.

Pode ser limpo a seco com todos os dissolventes correntes.

Pode ser limpo a seco com essências minerais, poicloroetileno e dissolventes fluorados.


Pode ser limpo a seco com essências minerais.

Não pode ser limpo a seco.




Não decorou, né? E nem vai decorar!! Portanto, salve esse post no seu Favoritos para quando for lavar aquela roupa linda que você tanto ama e não fazer uma cagada. =)

Esse post teve o patrocínio de OMO, porque o importante é se sujar e amaciantes Comfort.
Ah, e foi descaradamente chupinhado do blog da loja Guria, lurrinha fofa em Moema que comprei minha calça saco, também conhecida como saruel, conforto da moda atual, hahaha. (muito garota GLOSS, né?)

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Êêê lá em casa

Quem já foi em casa sabe: Gianecchini está lavando os meus pratos!!!

Ai Deus!!!

Outro dia fiquei editando essas fotos exclusivas que ele fez pra GLOSS só de cueca roxa... que delícia, hein?

Estou muito precisada de um homem bom assim.

Foto: Felipe Morozini

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

E o finde?

Pois é, só hoje tenho pique pra escrever sobre meu fim-de-semana como uma agente secreta do FBI.
É que quando você tem um torcicolo por quatro dias é preciso muito bom humor para encará-lo. É eu viajo na maionese mesmo, mas os agentes secretos dos filmes não parecem ter um torcicolo?? Repara só.
- Tsshhh. Na escuta, boss. Tsssh. Alvo na mira, central.

Ainda mais quando você vai dormir na sexta toda serelepe, cheia de energia para acordar no sábado e sair pra dar uma corridinha (pela primeira vez na vida - a energia e a corridinha, diga-se de passagem, são os novos tênis que criaram essa disposição) e acorda sem ao menos conseguir virar a cabeça e ver se ainda tem papel higiênico pra você limpar a bunda.
É preciso ter bom humor pra continuar perdida (sempre na Vila Madalena) com a sua amiga dirigindo porque você não consegue se virar para o carro ao lado e pedir informações. Não consegue amarrar o cabelo direito, sem sentir dor. Não consegue levantar a cabeça para enfiar o garfo dentro da boca, sem sentir dor.
É, torcicolo é foda mesmo.

Resumo da operação agente secreto: Fui pra casa da Natali no fim da tarde de sábado depois de assistir alguns filmes no meu super DVD da Philips que tem entrada USB (hohohohoho!!!!). Tomamos "uns chope" (sou paulista, meu! hehehe) naquela famigerada esquina da Vila Madá (nunca sei o nome das ruas) e fomos dormir cedo. Ela foi pro curso no domingo e eu fiquei a tarde inteeeeeeeeira jogando Guitar Hero, sozinha na casa dela, sem revezar a guitarrinha com ninguém, hahaha, mor legal cara!! E ainda fiquei com tendinite por causa daquela guitarra do Chimbinha.

----

Estou EXTREMAMENTE viciada em Prison Break! Que mané Lost! Que mané Heroes! Que mané House!!! O negócio é Prison Break!!!!!
Terminei a primeira temporada quase tendo um infartoooo. E comecei a segunda temporada ontem!!! E a segunda é bem melhor que a primeiraaaa!! CARALEO!
Tchau, ainda tenho 5 DVDs para assistir com 4 episódios cada.
Scofield, casa comigooo!!!!
Related Posts with Thumbnails