terça-feira, 30 de setembro de 2008

Di fudê o pião!

Mano, tem nego que é burro pra caralho!!! (nervosa - mode ON)

Estou eu, linda e bela, matando um tempinho no trabalho para fuçar no MySpace, que é um site para se ouvir músicas e a Sadia fez um banner filho da puta do Hot Pocket promovendo um show da pentelha da Mallu Magalhães (até a coitada levou a culpa agora, hahahaha) que fica tocando uma gaitinha!!! MALDITOS!!! BURROS!!

Como que você vai ouvir a música na página do MySpace da banda se tem uma gaitinha fazendo fruuu fruuu no meio da sua audição???

Vai sifudê!!!

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Eu fui no About Us!!!

Siiiiiiiiiiiiimmm!!!
Eu vi Ben Harper e Dave Matthews Band de muito perto... posso dizer que eu pegava os dois, hahaha. O baixista do DMB também! Uhuuuu!!!

Bom, publiquei um post com muitas fotos no blog da GLOSS. Fotos da Mari Mek e sua super câmera.
Mas a melhor resenha do Festival eu achei aqui. Achei tudo isso o que ele disse.

PS: nunca vi tanto homem lindo num show só! Também com ingressos a apenas R$180 paus (o mais barato!) só tinha a elite de São Paulo.

PS²: olha essa foto do Dave, fala se ele não é um gatinho??? E as dancinhas chama-chuva? FOooooFoooOO!

EDIT:
Achei o Set List do show:

Two Step *
What Would You Say *
Corn Bread *
Satellite *
Dancing Nancies *
Crash Into Me *
So Damn Lucky *
Eh Hee *
Water Into Wine *
So Much To Say *
Anyone Seen The Bridge *
Too Much *
Drive In Drive Out *+
All Along The Watchtower *+~
Ants Marching *+

BIS:
#41 *
Warehouse *
Stay (Wasting Time) *


Legenda:
* Jeff Coffin
+ Leon Mobley
~ Ben Harper

PS³: é, não tocaram NENHUMA do Busted Stuff...

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Minhas unhas laranjas

Ai, estou muito garota GOLOOSSS...
A Nádia, estagiária de beleza, me emprestou do acervo um esmalte laranja da Colorama e eu fui correndo na manicure trocar o rosa pink que já estava saindo pelo laranja... É DEMAIS!!!
Tô adorando usar essas cores escalafobéticas. As manicures ficaram chocadas, hehehehe...

Semana que vem vou pintar de rosinha cítrico. =) (PLIN!)

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

A faxineira do mês

Depois de muita procura e indicações achei uma diarista para faxinar em casa. E o nome da danada é Edileusa. Ai meu Deus... sempre quis ter uma empregada chamada Edileusa, rs.



Ela ligou no trampo querendo $80 pilas pra limpar meu apertamento. Ô loco, bitcho! Aí não dá, né?
- Não dá, só tenho quarenta.
- Ah, mas quarenta é muito pouco. Quarenta não dá.
- Mas oitenta é que tá muito.
- Todas faxineiras cobram oitenta.
- Mas eu só tenho pago quarenta!
- Mas e a passagem?
- Pode ser cinqüenta?
- Cinqüenta e a passagi, né?
- Ai, tá bom, tá bom.
- Que horas eu vou.
- Umas nove horas.
- Tá, vou sair daqui umas oito e meia, tá bom?
- Ué, acho que tá.

Às oito e meia do dia seguinte a minha campainha tocou.
- Oi Edileusa.
- Ah, você tava dormindo, é?
- Ah ram.
- Você não disse o apartamento, toquei no 22 e a mulher foi muito simpática, viu? Disse que era no 13. Mas ela não foi mal educada, não.
- É. Você tem medo de gato?
- Não, não tenho, não.
- Bom, você tem que limpar isso, isso, aquilo ali também, esse eu gosto que você limpa assim, bla bla bla.
- Pode deixar, que eu vou lavar tudo. Não vou limpar, vou lavar.
- Tá bom. Vou tomar banho. Cof cof cof. – estou com uma tosse do cão pós-gripe.
- Nossa, você tá com uma tosse horrível. Precisa tomar chá de limão. Você pega o limão corta em cruz e um dente de alho e ferve e toma antes de dormir. E ó, não pode dormir nesse chão frio aqui não.
- Eu não durmo aí, é o meu sofá.
- É mas não pode não.
- Tá bom, vou tomar banho. – a mulher não parava de falar!!!!! Logo cedo me sufocando, hahaha.

Entrei no banheiro e ouvi ela conversando com a Cléo:
- Ai gatinha, mamãe tá com uma tosse, né? Você gosta de limpeza? Eu não gosto de nada sujo, bla bla bla bla... chuáááá (liguei o chuveiro).

Ela ainda conversou um monte de coisas, mas não lembro de tudo porque de manhã eu não funciono muito bem:
- Você mora sozinha, né? É tá certa mesmo. Mas uma moça tão bonita! Meu marido não queria que eu viesse aqui não, disse que não ia anotar recado nenhum. Ele é muito chato. Mas você tá certa, tem seu dinheirinho, seu apartamento. Não tem que depender de homem.
- É, né?
- É sim, ele vive me perturbando. Tenho duas linhas de telefone, uma com ele e outra fixa, tenho internet, mas nem uso. Fui morar com ele porque não podia pagar minhas contas, mas faz 2 anos que só eu boto dinheiro dentro de casa.
- É... conheço bem essa história.
- Olha, gostei muito de você, viu? Você é muito boa. Quando chegar em casa, eu ligo pra você tá? Pra saber dizer que terminei.
- Tá bom, Edileusa. To de saída.
- Tchau, bom serviço.
- Tchau, pra você também.

A mulher não parava de falar!!! Falava comigo, falava com a Cléo.

Umas seis horas da noite ela ligou no telefone do Vini.
- Oi Mariel, já terminei, tá? Depois você vê se ficou do seu gosto. Fiz do meu jeito, mas fiz direitinho. Mas ó, não pode ser só uma vez por mês, não, viu? Não pode deixar sua casa desse jeito.
- Tá bom. Depois te ligo pra dizer se gostei.

Cheguei em casa e estava super bem feitinho. Mas pedi pra ela passar uma cera no chão que acho que precisava polir depois porque tinham muitas pegadas dela e da Cléo pela casa inteira, hahahaha. E eu que não vou passar outro pano pra tirar as pegadas, hahaha. Vou ficar com a Edileusa em casa até a próxima faxina.

O que achei estranho foi a Cléo, tava quieta, amuada, parada na cozinha, me olhava com um ar cansado. Acho que a mulher ficou falando com a Cléo o dia inteiro e ela não está acostumada com falação, deve ter ficado cansada de tanto ouvir. Ela com certeza não aprovou a Edileusa.

Acabou o dia de hoje e ainda não tinha retornado a ligação pra dizer que gostei da faxina. Deu seis horas da noite (de novo), o Vini me grita:
- Mari, a Edileusa. Por que ela liga no meu ramal???
- Ah, sei lá, é doida. Oi Edileusa.
- Oi Mariel, e aí você gostou?
- Gostei sim, ficou ótimo, muito obrigada. Vou te chamar de novo, na próxima vez.
- Escuta, quem é esse moço que atende o telefone?
- Um vozeirão, né?
- Nossa... fala pra ele que tem uma loira dos olhos verdes aqui, hahahaha.
- Hahahaha, vou falar sim. É solteiro, hein Edileusa!
- Nossa, que voz! Olha, gostei muito de você, viu? Pode me chamar, tá? Se você ficar doente, me chama que vou fazer um chá de limão pra você, tá? Você dormiu na sua cama?
- Dormi, claro Edileusa.
- É não dorme no chão frio, viu?
- Tá bom Edileusa, muito obrigada. Tchau.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Ação, reação, revolução!

Ontem saí correndo da redação, cabulei a cadimia e fui até a casa do meu irmão para distribuir umas caixas pela cidade.

Estava um frio desgraçado (como tem sido há algumas semanas - cadê a primavera Pedro?), colamos o endereço do blog nas caixas e partimos para a porta da UNIP e UNIBAN em Santo Amaro.

Chegamos na UNIP, e o guitarrista Barão estava estranhando a falta de movimento.
- Vamos até a UNIBAN que lá deve estar pegando alguma coisa.

Chegamos lá e estava pior, as pessoas parecem não ir à faculdade às terças-feiras friorentas. Resolvi perguntar pro segurança qual era o horário de saída, era às 23h, mas o pessoal já começava a sair às 22h30. O Barão estava estranhando a falta de movimento porque, segundo ele, uma rua não passava carro de tanta gente que geralmente tem, que ficam nos bares esperando a próxima aula, ou cabulando mesmo e nós achavamos vaga pra parar o carro nessa rua. Conversando com uma menina, parada numa esquina, o Barão confirmou: estava tendo prova! Pããããtz! Puta azar, escolhemos bem uma semana de prova. Ou seja, as pessoas não tem hora pra entrar, pra sair, nem vão pro bar, bad luck.

Decidimos empilhar as caixas assim mesmo, não íamos perder a viagem. Comecei a filmar. É muito louco!! As pessoas começam a olhar pensando "que porra é essa?" E eu conseguia ler nos lábios de todo mundo: "acaocaixapreta.blogspot.com (?!?!)". Logo um segurança apareceu, achando ruim da gente filmar a faculdade. Meu irmão:
- Mas nós estamos na calçada. Não estamos filmando dentro da faculdade.
- É, mas não pode, bla bla bla, não pode, bla bla bla, não pode.
- Ok, então. Mari, vamos tirar.

Guardamos as caixas no carro de novo e decidimos ir embora e reservar energias para outro dia, não tínhamos um plano B. Barão sabiamete disse:
- Precisamos ensaiar um discurso para esses seguranças, do tipo: estamos fazendo um trabalho de faculdade que o objetivo é ver a reação das pessoas diante da caixa e estamos vendo que você não reage muito bem. Hehehehehe.

Mais ações essa semana e principalmente no fim-de-semana.

A CAIXA ESTÁ SE ESPALHANDO!

Ficou a fim de fazer também? Hehehehehe.

Dave Matthews Band

Ai ganhei o CD Busted Stuff.
Na verdade, verdade mesmo, eu roubei o CD do Thiago, repórter da GLOSS que recebe todos os CDs das gravadoras. Mas como estava jogado, abandonado, misturado numa pilha com New Kids On The Block, Rafalea & Zézinho, Kate Perry e as porcariadas todas que sempre aparecem por aqui e ficam jogadas na mesa dele. Achei que poderia roubar, hehehe.

Eu gosto de DMB por causa da Vivi, ela que ama muito e me apresentou nos tempos da facul e aí eu baixei a discografia inteira deles, mas nada como ter o CD originalíssimo, né? DELÍCIA! E ainda por cima é o disco que eu mais gosto que tem Raven, Bartender, Grey Street, etc.

Raven pra vocês

sábado, 20 de setembro de 2008

Quando não é pra ser...

Ontem foi a comemoração do aniversário de uma amiga minha da época do escotismo. Fiquei o dia todo pensando em não ir, uma preguiça da porra, o frio característico da semana que passou e tal. Mas tomei toda a coragem do mundo afinal de contas faz aaaanos que não a vejo, ela já tem dois filhos e eu não conheço nenhum, decidi que iria mesmo.

Depois da cadimia (minha primeira aula de body pump, av'maria) fui pegar o carro e pensei em ligar pra ela, pra saber se ainda estava no bar. A mothafucker da Claro tinha bloqueado meus créditos no celular. Ok. Vou voltar pra redação, até a minha mesa e ligar.
- Oi Mari, estamos aqui sim.
- Ok. Tô indo praí.

Aquele trânsito básico de São Paulo às 21h30 (caraleo! cidade dos infernos). Cheguei no lugar de prima, achei uma vaguinha na rua, beleza. Entrei no lugar e era na verdade uma lanchonete, fiquei olhando, olhando, olhei em volta, tudos... cadê a Raquel?
- Garçom, por acaso tem alguma Raquel comemorando aniversário aqui?
- Não sei, pergunta pro metre. (só em Moema pra uma lanchonete ter um metre, tsc tsc tsc)
O metre também não sabia de nenhum aniversário.
- Ali naquele canto acabou de sair umas sete pessoas.
- Tinham crianças?
- Não.
- Ah, melhor eu ligar então.

Continuei olhando, tinha uma mesa suspeita de ser a dela, mas não via nenhum rosto conhecido. Faz tempo que não a vejo, mas não a ponto de não reconhecê-la. Peguei o celular pra ligar e lembrei que não tinha crédito!!! Mas tinha uma ligação perdida e um recado na caixa postal, de 5 minutos atrás e o meu celular estava no silencioso, ódio.

- Oi Mari, você está vindo pra cá? Queria saber porque nós já estamos pensando em ir embora.
Pãããããããããããtz! Que raiva! Disgramada da Raquel nem tentou ligar de novo e foi embora mesmo da lanchonete. Até pensei em ficar pra comer um sanduba, mas quando olhei o menu... um misto quente custava R$16, só pra falar do mais barato, hahahaha. Êê Sum Paulo. Achei melhor ir embora e comer um Mc Donald's no caminho. Meu irmão e cu estavam fazendo uma noite de poker lá na casa deles e era pra lá que eu ia.

Peguei a Av. Ibirapuera e fui embora, pensando onde acharia um Mc Donald's aberto às 10h da noite. Entrei na Av. Santo Amaro porque achei que minhas chances seriam maiores, realmente achei um, mas estava na contra-mão. Fiz a volta numa pracinha e era o horário de saída de uma escola, muitas pessoas na rua. Peguei meu lanche e fiz uma puuuuuta volta pra pegar a Sto. Amaro de novo. De repente um trânsitozinho começou. Ok. Tô aqui com meu lanche para me distrair. Foi chegando, a passos lentos, na Av. João Dias e eu andava cada vez menos, as pessoas já desesperadas pegando a pista do busão. Outras logo mais na frente entrando nas ruazinhas pra fugir. Pensei:
- Catso! Vou seguir uma delas... Ah, não, vou não. Ah, vou fugir sim vai.

Já tinha terminado meu lanche e não andava! Entrei sozinha numa rua à direita e quando você faz isso a primeira coisa que quer é uma rua à esquerda pra seguir paralelamente a avenida parada. Mas cadê a rua? Não tinha, não tinha, não tinha. Fui em frente. De repente surgiu um parque! Gente, eu nem sabia que existia um parque ali na Granja Julieta! Rs. E ainda tem aula de Yôga digrátis ali. E os casarões?? Caramba! Quem diria? Andei a vida toda pela Av. João Dias e não fazia idéia das mansões que tinham ali do lado. De repente, achei a Rua Verbo Divino.
- Puta merda, voltei tudo, só falta cair na Marginal Pinheiros.

Segui ela com a esperança de estar pro lado certo. E estava, só que eu tinha voltado toooodo o trânsito que eu já tinha andado. Muito ixpierta, hein? Mas aí peguei a Av. Sto Amaro de novo só que sentido Largo 13 e fui... me achei, fugi do trânsito e fiquei me achando muito sagaz, hahaha.

Passei em casa, peguei as várias garrafas de vodka com resto de bebida e fui jogar poker. Tinha muita gente lá e ninguém muito afim de jogar, mais bebemos mesmo. A Lili me fez uma caipirinha de limão com adoçante e sabor de alho, que estava deliciosa! =D

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Eu odeio telemarketing

Há meeeeeses que o Banco Itaú me liga atrás da Ana Cristina Teixeira porque essa vaca deve pro Banco Itaú e deu o meu número de celular para deixar recados. E há meeeeeeses eu atendo o telefone e explico que eu não sou Ana Cristina Teixeira, que o número deve estar errado, blá blá blá. E algumas vezes eu também não atendo. E outras vezes eu não atendo e eles deixam recado na minha secretina procurando a Ana Cristina Teixeira.

Isso explicado, vamos à estória. Toca o telefone, vejo na bina 4004 4419, já sei que é do Banco Itaú, decidi atender o telefone e explicar educadamente pela milésima vez para colocarem uma observação no caso da Ana Cristina Teixeira que o telefone está errado, raios!

E então uma atendente de telemarketing, toda sorridente do outro lado da linha, rindo com a culéga dela e inicia-se o breve diálogo:
- Alô?
- Hahahaha, é sim, hahahaha.
- Alô?
- Ah, err, alô, gostaria de falar com a senhora Ana Cristina Teixeira.
- Meu, vocês são muito burros, eu já expliquei que não existe nenhuma Ana Cristina Teixeira!
- Desculpa, senhora, nós somos muito o que?
- BURROS! Tu-tu-tu-tu...

Dêem mais instruções de como me livrar disso! Sem mudar meu número (de novo).

E já que o marcador é atendente de telemarketing, vamos a piadinha do dia enviada pelo aniversariante do dia, meu culéga Bruno:








quinta-feira, 18 de setembro de 2008

15 minutos

Gente, vocês viram o programa da MTV, com o Adnet antisdontis? Falando da espera.
Foi demais! Eu ri muito... como pode um programa tão imbecil ser tão engraçado?

Ele tirou o post dos meus dedos (pra não dizer palavras da minha boca, dãr). Eu ia muito escrever um dia sobre tudo o que ele falou no programa e já que ele já falou então eu é que não vou repetir, né? Por que odeio piadas repetidas, então vá lá...

Assistam, afinal só vai custar 15 minutos de risadas. =)

PS: acabei de descobrir que vai demorar um pouco para liberarem o programa do dia 16/09 no MTV Overdrive, então espera. =)

domingo, 14 de setembro de 2008

A tosquisse do MSN

Além do MSN estar nos últimos dias com vários paus de não logar, cair direto, ainda temos a tosqueira do MSN Today (ou Windows Live Hoje) saltando na tela quando finalmente conseguimos ficar online.

Sabe aquela janelinha de "notícias" que abre toda vez que você faz o login no MSN? Não? É, talvez você não saiba mesmo porque ela é tão tosca que você a desabilitou, de tão inútil que é.
Eu cuido de um site e estamos longe da perfeição, mas tentamos DEMAIS chegar perto =D hohoho, cuidando dos mínimos detalhes. Coisa que o MSN Today não faz! E eu fico inconformada, afinal de contas eles são o MSN. Do Windows! Do Bill Gates! De sei-lá-mais-quem-muito-fodástico!
Olha esse print que eu fiz da telinha que acabei de abrir:

Destaquei as piores tosqueiras em verde (pode clicar pra ver maior, tá?)! Os caras não conferem o nome da Sabrina Sato, faltando uma letra; falta alinhamento nas DUAS chamadinhas do outro bloco, o que deixa a barra de rolagem enorme (barra que não deveria existir em nenhum dos blocos - Madonna e Receitas). Eu sei que é foda fazer uma chamada atraente em pouco espaço, com poucas palavras, mas a tosqueira deles é freqüente!

Isso me fez lembrar uma vez que minha chefe me mandou um SMS num fim de semana mais ou menos assim:
Mariel, tem um ERRO ENORME no site da GLOSS. Precisamos consertar!

Eu fiquei desesperada, pensando no que poderia ser, corri pro primeiro computador que achei e fui falar com ela pelo MSN (que côusa, rs) e era um "simples" desalinhamento causado por uma palavra a mais. Isso nunca mais aconteceu, claro, cof cof cof.

E os caras me apresentam essa merda aí de cima toda santa vez que eu abro o meu MSN. Além da notíciazica "O que fazer durante o horário político gratuito na TV?" que começa com: tome um banho mais demorado. Em pleno tempo de sustentabilidade, de interesse político da população, etc, etc... AFE! Fora aquele maldito banner da Natura pra rugas dos 25 anos, que eu tenho vontade de explodir toda vez que vejo (deu pra perceber com o meu desenhinho de bombinha, né? hehehehe).

E eu não desabilito essa janela porque ela me mostra também (às vezes, quando não dá erro... sim tem essa) um preview da minha caixa de entrada do Hotmail, o que já me estimula (ou não) a entrar no site e conferir os últimos e-mails, mas é foda sempre ver tanta coisa mal feita junta, duma vez, toda vez, sempre, freqüentemente.

PS: esse post foi muito de internerd, né? Mas eu precisava desabafar, isso me incomoda há muitos anos, rs.

Não venham morar em São Paulo

Fui procurar no Orkut alguma comunidade do tipo: parem de se mudar para São Paulo! Mas não achei nada do tipo. Muito pelo contrário, só achei comunidades do tipo "Quero morar em São Paulo", "Ainda vou morar em São Paulo", "Eu adoro morar em São Paulo".
Eu preciso fazer uma campanha para as pessoas pararem, POR FAVOR, de se mudar para a cidade, ou de desejarem morar aqui um dia. Está crowd, não cabe mais gente aqui! O Rio Pinheiros já está quase, quase sólido de tanta merda, por que? Porque é muita gente cagando num rio só!!!

Gente, essa onda de "descer pra Sum Paulo meu filho" já acabou faz tempo. As pessoas têm a ilusão de que vão morar aqui e vão viver nos circuitos de arte, cultura, etc. Só que o que acontece de verdade é que você vai morar longe pra cacete de onde tudo isso acontece, ou você não vai ter dinheiro para ver nem metade dessas atrações que oferecem, ou você não vai ter tempo, ou não vai conseguir chegar em tempo, ou quando puder, não vai ter pique, tá entendo? É ilusão! O gostoso de São Paulo é passar o fim de semana, sugar tudo com menos trânsito e pronto.

Quantas pessoas eu já vi na rua, pedindo dinheiro, porque vieram para São Paulo na ilusão de que conseguiriam um trabalho e não conseguem nem um lugar para morar, claro que isso nos casos mais extremos, de gente que não tem estudo, gente humilde. Mas acredite que se aí onde você mora está ruim, aqui está beeeemmm pior, acreditem em mim, por favor! Hehehe.

São Paulo não é uma cidade dos sonhos, é a cidade do pesadelo. Do medo. Das coisas caras. Da lerdeza. Do estresse. Do fedô. Do céu laranja, sem estrelas. E esses mínimos detalhes fazem toda a diferença.

Bom esse post foi só para desabafar porque realmente não achei nenhuma comunidade no Orkut com a intenção de abortar esses planos das pessoas de quererem vir pra cá. =)

sábado, 13 de setembro de 2008

Convite de aniversário


Esse convite fiz para o aniversário da minha prima. Usei algumas imagens free, a outra da Sininho, a foto da Mariane e alguns carimbinhos de florzinha. Simples assim.
Ficou lindinho, né? Adoro fazer essas coisinhas, hehehe.

Inclusive a festa é hoje e ainda tenho que ir pra lá ajudá-la com as preparações pra festa.

Nessa brincadeira ganhei mais um para fazer, do aniversário da Cris, mãe da Paola.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Campanhas políticas

Eu sou uma pessoa que ainda ouço rádio. Principalmente no carro.
GRAÇAS AO BOM DEUS, São Paulo acho que é a única cidade do Brasil que tem poucas rádios decentes, que você consegue ouvir sem ficar mudando de estação a cada intervalo (o que, nas rádios chatas, acontece a cada duas músicas).
Mesmo tendo um sonzinho bacana, que toca CD e tal (apesar de desejar muito e pra breve um som com USB) às vezes gosto de ouvir rádio. A Kiss FM (102,1) sempre tá rolando muito rock'n'roll que eu nunca ouvi, ou outros que só conheço de ouvir mesmo, que não sei quem é a banda, o nome da música, etc. E a Nova Brasil FM (89,7), que eu descobri há pouco tempo apesar de até já ter ido a shows promovidos por ela, também é ótima. O nome já diz: é só música brasileira. Novos cantores, sabe? Não fica só tocando Caetano Veloso, como eram aquelas rádios de antigamente, que meu pai adora ouvir e são conhecidas como rádio de consultório, de elevador, hehehe. A Nova Brasil é ótima, toca um pouco de tudo que eu gosto de ouvir, por exemplo hoje, vindo pro trabalho rolou: Vanessa da Matta, Rita Lee, Legião Urbana, Natiruts, mor mistureba boa.

Mas o que está me chamando a atenção nas rádios são as propagandas eleitorais. Rola normal o comercial do Kassab, por exemplo, e no final do comercial tem um coticoticoticoti!!!! Má que porra é essa? Ouvi isso uns três dias seguidos, sem entender, parecia que uma fita enroscava no final da propaganda. Até que hoje ouvi o comercial da Marta e consegui entender pelo menos o comecinho: coligação petepetepteptepte! Que merda, hein? Primeiro que esse negócio de coligação é uma palhaçada sem fim. É o mesmo que dizer sou vegetariano, mas como um bifinho. Ah vá! E depois você não consegue enteder o que é falado.

Igual as Casas Bahia, que passam trocentas legendinhas mínimas, que nem na melhor TV de HIGH POWER RESOLUTION você consegue ler, fora a velocidade em que elas aparecem. Vai sifudê! Eu tenho medo de comprar alguma coisa nas Casas Bahia só por causa daquelas legendinhas minúsculas que estão ali, vai saber o que está escrito, né? Tipo: você comprou esse sofá e faz com que a sua casa seja nossa.

Apesar que uma vez um amigo me contou que se você for prejudicado por causa de alguma coisa que comprou/assinou e que estava escrito no contrato que você se fode ali mesmo, você ainda tem a chance de recorrer na justiça contra os caras porque hoje ninguém lê contrato nenhum, né? Quando você está comprando você nem pensa em ler nada, você só quer levar o produto pra casa e usar logo. É aí que você se lasca. Mas, segundo meu amigo, você tem chances de ganhar na justiça se for prejudicado.

Mas aí, voltando às campanhas políticas no rádio... e dá pra recorrer a alguma coisa?

Aiiii

Uma coceira na orelha... isso é sinal de dinheiro?

---

PS: essa é a minha vontade de atualizar isso aqui, mas não consigo parar pra escrever!

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Amy, volta!

Hoje acordei super no pique de arrumar umas coisas em casa, tipo lavar banheiro, lavar roupa e de manhã a MTV é ótima!
Só música boa, só clipe ótimo... e eis que começa a rolar esse clipe da Amy Winehouse (Stronger Than Me):



Não tinha visto esse vídeo ainda, mas acho essa a melhor música de Frank. Ela está linda, gostosona, pele linda, cabelo normal e lindo, perfeita.
Me identifico demais com a música. Ela é foda!!! Um basta aos otários que insistem em aparecer na nossa vida, né? E uns até insistem em permanecer.

"Você deveria ser mais forte que eu, você está aqui sete anos a mais que eu. Você não sabe que você deveria ser o homem?".

Stronger Than Me - Amy Winehouse

You should be stronger than me
You been here 7 years longer than me
Don't you know you supposed to be the man,
Not pal in comparison to who you think I am,

You always wanna talk it through - I don't care!
I always have to comfort you when I'm there
But that's what I need you to do - stroke my hair!
Cos' I've forgotten all of young love's joy,
Feel like a lady, but you my lady boy,

You should be stronger than me,
But instead you're longer than frozen turkey,
Why'd you always put me in control?
All I need is for my man to live up to his role,
Always wanna talk it through - I'm ok,
Always have to comfort you every day,
But that's what I need you to do - are you gay?

I've forgotten all of young love's joy
Feel like a lady, but you my lady boy

He said 'the respect I made you earn -
Thought you had so many lessons to learn'
I said 'You don't know what love is - get a grip!' -
Sounds as if you're reading from some other tired script

I'm not gonna meet your mother anytime
I just wanna rip your body over mine
So tell me why you think that's a crime

I've forgotten all of young love's joy
Feel like a lady, but you my lady boy

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Benzadeus!!!

Sobrevivi à semana que eu mesma criei, hahahaha!
Não teve gripe, piriri ou furões que me impedissem de baladear!!

Senhor Jésuix! E o pior que se eu for contar tudo o que tem se passado desde a última vez que escrevi aqui, vou ter que contar que fui na balada que o Seu Sorge tocou bandeiro, vestido de branco e eu subi no palco com a Nata pra dançar funk (hihihi, risada da Nata, hahaha).

Quase fui tomar chopp duplo completamente sozinha se não fosse a Pri pra me salvar e depois a Pázinha com sua family linda aparecerem pra gente rir um monte e conseguirem registrar o meu exato dia de aniversário!

O pós- aniversário me derrubou para o japa sagrado nosso de toda quarta-feira. Imagina comer japa de piriri, se o japa piriri 5 minutos depois. Conhece uma aniversariante que não aparece na festa? Pois essa fui eu na quarta, hehehe. Mas eu sou mais forte e não tem piriri que me segure, então pedi uma pizza gigante meia palmito e meia tomate seco com rúcula. Comi essa pizza até domingo, hahahaha.

Na quinta todo mundo já sabe: AL AL AL QUINTA É CAPITAL! Também fiquei uma hora e meia sozinha no bar esperando esse povo que insiste em estudar com o garçom me oferecendo a cada 2 minutos um chopp. Mas logo os gatinhos da balada apareceram pra me salvar com duas garrafas de Smirnoff, obrigada Senhor! E o melhor da balada? SÓ TINHA HOMEM! Eu podia sentir a testosterona no ar... ai ai ai ai ai!!

Acabei transferindo o japa para a sexta porque JAMAIS passaria meu aniversário sem ir ao japa. E as minhas pequetitas da Tia apareceram com os papis (claro) para me darem um beijo. E a Lívia dizia: EU AMO XUXI! Hahahaha, linda! Já a Juju não falava concentrada em molhar o peixe prego no shoyo, com o pauzinho, tá benhê?
Depois ainda esticamos a náite na minha casa! SIIIIMMMM!! Minha casa, pela primeira vez em quase um ano de solteirice, foi palco de uma orgia alcóolica de Absolut com Su Fresh de morango!! Senhor! Fritamos os miolos até umas 5h da madruga e ainda dormiu um em cima do outro, outra no chão frio, cobertinha com uma mantinha, hahaha. Coitada da vizinha ex-grávida, agora com bebêzinho, hehehe, a que a Cléo quase matou do coração (inclusive a Cléo, esse demônio preto e peludo que crio em casa, está impossíveeel, tá merecendo um post só com as artes dela!).

No sábado reservei minhas forças para me despencar atééééé Guarulhos para o aniversário da Renata, minha amiga e sócia do Paulo Ricardo. Gente, vocês sabiam que Guarulhos é uma cidade do interior muito bonitinha? Hehehehe, pena que é looonge. Curtimos um churrascão, umas brejas, até uma pinga com mel estava rolando, bolinho e tchau, voltamos para a civilização.

Sinceramente eu não achei o meu pique para ir pro forró, quando a presidente da Equipe Tcha Tcha Tcha se lembrou de mim já era quase oito horas da noite, já estava desanimada de ter que me emperequetar para sair e muito aconchegada no meu sofá com mantinha, TV a gato e a gata fazendo ronron gostosinho.

Ufa! That's all, folks!

PS: aulinhas de Pilates a todo vapor, Samantha é minha rainha e gordura me faltará!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Semana da Tia Mari:

02/09 3a. – Bar Leblon (chopp duplo e caldinho de feijão) www.barleblon.com.br
03/09 4a. – Sushi da Villa (rodízio R$24,90 / pessoa) 3294-0334
04/09 5a. – Capital Bar (se tudo der certo não paga nada pra entrar – R$ 90 garrafa de vodka) www.capitalbar.com.br
05/09 6ª. – Rey Castro (muita Shakira e latinos) - sujeito a alterações até o fim da semana
06/09 sáb – churras a confirmar (leve umas bebidas e comidas, som por minha conta)
07/09 dom – forró no Canto da Ema (M R$14 / H R$ 20 - vale meia pra estudante) www.cantodaema.com.br
Related Posts with Thumbnails